Como fica a NJPW sem Kazuchika Okada?

kazuchika okada

Após a revelação de que o contrato de Kazuchika Okada com a NJPW iria expirar em janeiro de 2024 e meses de rumores e questionamentos sobre uma possível renovação, finalmente saiu a notícia que chocou o mundo: Okada não fica na NJPW. Além da notícia ter sido dada de maneira bem básica por parte da própria empresa, ainda chocou boa parte dos fãs porque assim, sejamos sinceros, você acreditaria se eu te contasse lá em 2017 que 7 anos depois ele deixaria a NJPW ? Pois é, duvido que acreditaria.

E com a saída de Kazuchika Okada já confirmada após seus últimos combates já marcados para fevereiro, muito tem se falado nas redes sociais sobre como a NJPW lidará com a saída do maior lutador já criado pela empresa e o que virá daqui pra frente. É sobre isso que vamos falar um pouco hoje, então chega de enrolação e bora lá.

kazuchika okada 1

Para entendermos o porquê essa saída é um marco gigantesco na história da NJPW, precisamos entender quem é o Okada. Ele estreou em 2007 como um jovem lutador e, assim como todo “Young Lion”, fez turnês por outras empresas (TNA e ) e algumas aparições esporádicas na NJPW, retornando de vez em 2012 e ficando por lá desde então. “The Rainmaker” Okada fez o seu retorno em pleno 6, confrontando o IWGP Heavyweight Champion Hiroshi Tanahashi após o evento principal e o desafiando pelo cinturão.

1 mês depois, Okada fez o que foi chamado de “surpresa do século” e derrotou Tanahashi pelo cinturão, algo que não foi visto tão bem pelos fãs na época, até falou que Okada ainda não estava pronto. No entanto, quando ele perdeu o cinturão 4 meses depois, o reinado já era visto de outra forma e era nítido que a NJPW tinha conseguido o que queria: Criar uma nova estrela.

Se você não acompanha muito o cenário japonês, pensa que é como se o John Cena perdesse aquela estreia pro , fosse lutar em outras empresas pelo mundo, voltasse oficialmente depois de alguns anos já como “Doctor of Thuganomics” e derrotasse o principal babyface da empresa pelo WWE World Heavyweight Title, entende ? Foi uma aposta muito arriscada por parte da NJPW, mas que acabou dando muito sucesso.

Nos anos que se seguiram, Okada foi mais 4 vezes Heavyweight Champion (Tendo o reinado mais longo e com maior número de defesas), 2 vezes World Heavyweight Champion, 1 vez NEVER Openweight 6-Man Tag Team Champion, 4 vezes vencedor do G1 Climax e 2 vezes vencedor da , sem contar as inúmeras lutas incríveis que ele fez. Okada se tornou o principal rosto da NJPW, aquele cara que vem na sua cabeça quando você fala do cenário japonês. Resumindo tudo: É o ícone da empresa, o projeto perfeito feito no Dojo.

A NJPW perdeu, em menos de 1 ano e meio, , e até mesmo Tama Tonga que sairá em breve. É muito comum que os estrangeiros acabem deixando o Japão uma hora ou outra mesmo depois de anos por lá, mas perder o Okada vai muito além disso. E aí agora ele vai sair da NJPW e a pergunta que fica é: Quem vai assumir a função de rosto da empresa ?

Como fica a NJPW sem Kazuchika Okada?

Antes de tudo, é bom lembrarmos que ser o principal campeão de uma empresa não te torna automaticamente o rosto dela. Dois grandes exemplos disso são os recentes IWGP Heavyweight e IWGP World Heavyweight Champions, respectivamente, EVIL e SANADA. EVIL foi campeão em 2020 e, por mais que a pandemia tenha afetado demais o seu reinado, o booking dele como líder do pior grupo da NJPW (House of Torture) e seu desempenho em ringue não foi o suficiente para colocá-lo no topo. SANADA, que perdeu recentemente o World Title para , foi campeão por 271 dias e em momento algum foi visto como o próximo grande cara da NJPW, mesmo com um booking que o valorizou bastante.

Mas, do outro lado da moeda, também temos aqueles lutadores amados pelos fãs que elevam os cinturões que conquistam. Naito, atual World Champion, precisou se repaginar como líder de Los Ingobernables de Japón lá em 2015 para finalmente explodir dentro da NJPW e atrair a atenção dos fãs, mas sua idade talvez seja indicativo que ele não terá mais tantos reinados como principal campeão. Temos também Hiroshi Tanahashi, o “Ace” da NJPW, atual Television Champion que, infelizmente, se aproxima dos 50 anos e deve se aposentar nos próximos anos. Considerando que Tanahashi foi 8 vezes Heavyweight Champion e que está com um título menor hoje em dia, é improvável que a empresa foque nele para os próximos anos.

Seguimos então com aqueles lutadores que nunca receberam aquele último empurrão pra conquistar o cinturão principal, como , e . Temos também os estrangeiros que chegaram perto do prêmio máximo e que por alguma razão (Falta de vontade do Gedo) não chegaram a vencer, como Zack Sabre Jr e Jeff Cobb. Temos os lutadores que ainda não conquistaram os fãs (David Finlay), aqueles que estão chegando (), aqueles que estão saindo (Tama Tonga), aqueles que poderiam subir da Junior Division (, ), aqueles que poderiam vir de outra empresa (Kaito Kiyomiya) e aqueles que, por terem sido campeões, talvez não voltem mais ao topo ().

E se não vai ser nenhum desses a se tornar o rosto da NJPW, quem vai ser ? Bom, eu particularmente acredito que irão investir nos novos mosqueteiros.

Como fica a NJPW sem Kazuchika Okada?

De tempos em tempos, a NJPW encontra um trio de lutadores promissores que possam guiar a empresa no futuro. Começou lá em 1988 com Keiji Muto, Masahiro Chono e Shinya Hashimoto, seguidos por Hiroshi Tanahashi, Katsuyori Shibata e nos anos 2000, e com os mais recentes sendo , e , conhecidos como os Reiwa Three Musketeers. Eles acabaram de voltar de suas respectivas excursões e são vistos por muitos fãs como os próximos a receberem destaque da NJPW, disputando o World Heavyweight Title nos próximos anos.

Os três lutadores tem muito potencial, com destaque principalmente para Tsuji que se apresenta como um monstro desde que atacou SANADA em seu retorno. É nítido que existem lutadores mais preparados para disputar os principais cinturões da empresa e tentar assumir esse protagonismo, mas é meio inevitável que eles cheguem ao topo como a NJPW planeja. Agora que Tanahashi é o presidente, talvez as coisas sejam feitas de maneira mais orgânica e visando fazer com que eles fiquem prontos o mais rápido possível.

, outro que voltou de excursão recentemente, é visto também como um possível candidato a ser o rosto da empresa no futuro, mas os 3 acima são bem mais falados do que ele. A NJPW pode encontrar o seu novo grande cara amanhã, daqui a 1 semana, 1 mês ou até mesmo 1 ano, mas vai acabar encontrando mais cedo ou mais tarde.


E você, como acha que será o futuro da NJPW ? Comenta aí e bora falar sobre. Até a próxima!