Os momentos marcantes do pro-wrestling em 2023

Os momentos marcantes do pro-wrestling em 2023

Estamos chegando ao final do ano de 2023 e, assim como em qualquer ano, não faltaram momentos marcantes que deixaram ainda melhor esse esporte que todos nós amamos. O pro-wrestling em si chegou a um patamar de mídia internacional que eu poucas vezes havia visto anteriormente, e grande parte disso se deve a como cada empresa tem se reinventado cada vez mais e produzido coisas que fazem muito bem para essa indústria.

E para encerrar oficialmente o ano de 2023, iremos falar sobre quais foram os maiores momentos que marcaram esse ano, tentando abordar as principais empresas do mundo e visando não esquecer nada. Tentarei citar estreias, retornos, turns e mais coisas que fizeram deste ano um dos melhores dos últimos tempos para acompanhar pro-wrestling. Sem mais delongas, bora lá:

Marco internacional

Os momentos marcantes do pro-wrestling em 2023

Se tem uma coisa que os fãs da esperavam desde a criação da empresa era um possível show da empresa fora dos Estados Unidos, mas eu não acho que eles acreditavam que seria um show desta magnitude. Como se não bastasse fazer seu primeiro pay-per-view fora do solo norte-americano, ainda fizeram um show dentro do Estádio de Wembley, em Londres, atraindo uma quantidade massiva de pessoas e comprovando que a AEW veio para ficar.

O maior show da história da empresa contou com algumas lutas que você talvez não esperasse ver (Eu particularmente esperava muito mais lutas 1×1) e até mesmo uma briga nos bastidores, mas ainda assim foi um evento que está marcado na história e sempre será lembrado como algo muito grande, algo que surpreendeu aqueles que duvidavam da capacidade da empresa.

3 anos e meio depois…

Os momentos marcantes do pro-wrestling em 2023

Desde que retornou aos ringues em 2020, Roman Reigns tem dominado a WWE de uma maneira absurda e, por conta disso, muitas pessoas especulam quem será o homem a derrotar o “Tribal Chief”. Mas junto de Roman, o grupo foi protagonista de diversas storylines da empresa nos últimos anos, proporcionando diversos momentos históricos nesse meio tempo, como a aclamação de Sami Zayn pelo público e os reinados históricos como campeões.

Em 2023, tivemos The Usos (Jimmy e Jey) colidindo com Roman Reigns e Solo Sikoa, causando uma rachadura no grupo e levando a um combate no que viu Roman levar o pinfall pela primeira vez em 3 anos e meio, provando que ele não é imbatível. É claro que depois a WWE foi pra um lado bem estranho com essa rivalidade, mas isso a gente deixa pra lá.

Os legados de Bray Wyatt e Jay Briscoe

Os momentos marcantes do pro-wrestling em 2023

Vocês vão reparar nessa lista que eu vou citar algumas coisas que não são exatamente momentos específicos, mas algo que veio através dele. Em 2023, tivemos os trágicos falecimentos de e Jay Briscoe, figuras extremamente aclamadas e reconhecidas dentro da indústria do pro-wrestling e que, mesmo gerando uma tristeza que jamais será curada nos fãs, mostraram o quão grande são seus legados e como eles impactaram a vida de todos que acompanham esse esporte.

Com homenagens diversas e sempre sendo lembrados pelos lutadores e fãs, tanto Bray quanto Jay deixaram pra trás não apenas lutas e momentos memoráveis neste século, mas também histórias que mostram o quão amáveis eles dois foram. Seus impactos no esporte jamais serão esquecidos e eles sempre irão ser lembrados como duas figuras extremamente importantes. RIP.

Triple H no comando

Os momentos marcantes do pro-wrestling em 2023

Nos últimos anos, a WWE passou por altos e baixos em questão de qualidade do produto apresentado aos fãs, e muito se falou sobre ser o principal responsável por essa queda de qualidade, desperdício de talentos e afins. , no entanto, fazia um trabalho muito bom no e, depois da “aposentadoria” de Vince em 2022, Hunter acabou assumindo como o principal responsável pela equipe criativa da empresa.

No entanto, Vince chegou a retornar em 2023 e isso levou a alguns momentos em que o produto voltou a ter uma qualidade menor, mas isso logo foi reduzido com a compra da empresa por parte da (Falaremos disso ainda) e o afastamento oficial de Vince de tudo que envolve a equipe criativa, deixando Hunter como o principal no comando de forma oficial e melhorando a empresa em sua parte criativa.

CM Punk: Idas e vindas

Os momentos marcantes do pro-wrestling em 2023

Assim como em 2021 e 2022, CM Punk foi uma figura muito recorrente nas manchetes dos principais portais de notícia do mundo do pro-wrestling, sendo de forma positiva ou não. Este ano, Punk fez seu retorno após sua suspensão da AEW e lesão em 2022, se tornando o rosto do novo show da AEW, o Collision, competindo contra novos talentos e entrando numa briga com nos bastidores do All In, algo que levou ao seu desligamento da empresa em setembro.

Mas o que as pessoas definitivamente não esperavam é que, 2 meses depois, Punk faria seu retorno para a WWE após 9 anos de espera, aparecendo no e oficializando sua volta para casa. Você pode gostar ou não do Punk de hoje em dia, mas você precisa admitir que ele foi uma figura central do pro-wrestling em 2023.

Rated-R Superstar de casa nova

Os momentos marcantes do pro-wrestling em 2023

E se tivemos a saída de Punk da AEW em setembro, tivemos a chegada do “Rated-R Superstar” Adam Copeland (Mais conhecido como ) na empresa em outubro. Após seu contrato com a WWE expirar e não ocorrer uma renovação, Adam se viu em meio a muitas opções de futuro antes de se aposentar oficialmente e achou a AEW como sua nova casa, podendo se reunir com seu antigo parceiro Cage, porém, logo entrou em rivalidade com ele e continua até o momento.

Desde que se chegou na AEW, é justo dizer que Adam está se divertindo bastante. Com novos nomes para enfrentar e diversos companheiros de longa data, o veterano do pro-wrestling está tendo um final de carreira muito digno e que pode até contar com um título caso ele vença no AEW Worlds End deste sábado.

Muta e Nakamura: Colisão de mundos

Os momentos marcantes do pro-wrestling em 2023

Admita: Você não esperava que alguma estrela da WWE fosse lutar fora da empresa em uma empresa que não é indy. Para começar o ano, tivemos a aposentadoria oficial de Keiji Muto e sua persona The Great Muta, e cada um precisava de um oponente especial. Para a surpresa de todos, Nakamura recebeu um “passe livre” da WWE e pôde viajar ao Japão para enfrentar e vencer o veterano, oficializando a última luta de The Great Muta.

É verdade que nos últimos anos as estrelas do NXT lutaram pela , AJ Styles chegou a aparecer via vídeo no da e Charlie Dempsey irá competir pela AJPW em 2024, mas ver Nakamura, uma estrela do main roster, realmente lutando por uma outra empresa grande foi algo histórico e que marcou 2023.

A volta da TNA

Os momentos marcantes do pro-wrestling em 2023

Tecnicamente a volta da é algo que só vai ser oficializado mesmo com o primeiro evento de retorno da marca sendo em 2024, mas o anúncio de sua volta foi em 2023 e chocou não apenas os fãs da empresa, mas também quem acompanha muita coisa de pro-wrestling. A empresa havia perdido o nome TNA após ser comprada pela Anthem em 2017 e recebeu o nome de IMPACT Wrestling, chegando a passar por uma “fusão” com a GFW de Jeff Jarrett no processo.

Muitos fãs chegaram a se acostumar com o nome IMPACT, mas muitos sempre pediram pela volta da TNA e, no final do 2023, o presidente Scott D'Amore anunciou o retorno da famosa marca para 2024. Quero muito ver como será o futuro da empresa que, até o momento, tem tudo pra voltar ao patamar que já esteve um dia.

WWE e Endeavor

Os momentos marcantes do pro-wrestling em 2023

Falamos sobre a Endeavor lá em cima, e é impossível não citá-la como protagonista de um dos momentos mais marcantes de 2023: A compra da WWE. Muito se especulava sobre uma possível compra da maior empresa de pro-wrestling do mundo e várias empresas estavam interessadas em adquirir a WWE, mas a Endeavor foi quem conseguiu fazer isso. A própria Endeavor já era dona do UFC e, após uma negociação bilionária, adquiriu 51% do controle acionário da WWE.

Isso implicou em algumas coisas dentro da WWE, como a saída oficial de Vince McMahon dos cargos criativos da empresa e Triple H assumindo essas funções em tempo integral, algo que mudou a empresa da água para o vinho e elevou sua qualidade de conteúdo.

Shows em diferentes países

Bad Bunny

E se falamos sobre Triple H assumindo o controle oficial da WWE, é necessário falar sobre como 2023 foi o ano em que a empresa se lançou de cabeça pra fazer premium em diversos países diferentes. Além dos já recorrentes eventos da empresa na Arábia Saudita, tivemos o Elimination Chamber no Canadá, o em Porto Rico e o na Inglaterra, eventos esses que geraram alguns dos maiores pops da empresa no ano.

E isso deve continuar a ser uma toada recorrente no ano de 2024, com o Elimination Chamber na Austrália, o Backlash na França e o Bash in Berlin na Alemanha. Será que podemos sonhar com um futuro evento desse porte na América do Sul algum dia ?


Encerro aqui deixando um feliz ano novo para todos vocês e pedindo pra que vocês comentem momentos que eu acabei esquecendo de citar aqui. Vejo vocês em breve, até mais!