Bobby Fish culpa a AEW por ele e Kyle O’Reilly não terem sido tão bem aproveitados

Bobby Fish chegou à AEW com muita expectativa, já que ele se juntou a Adam Cole e Kyle O’Reilly por um tempo revivendo a antiga stable dos três no NXT, mas sua estadia na empresa durou pouco. Fish falou recentemente sobre o reDRagon não conseguir lutas na AEW contra The Young Bucks e FTR, e nem ter sido tão bem aproveitada na empresa.

Bobby Fish não acredita que a AEW tenha aproveitado ao máximo, com o reDragon ou a atmosfera competitiva no vestiário. Fish discutiu recentemente isso na NBC Sports. De acordo com Fish, os conflitos e rivalidades nos bastidores da AEW só são um problema se alguém estiver ganhando dinheiro com eles.

Acho que a bola caiu. Obviamente eu sou tendencioso em uma certa direção. Você tem que saber o que você tem e entender o valor do seu talento e do que você tem. Dizer que o projeto foi ‘mal administrado’ seria um eufemismo monumental. Nós éramos uma mercadoria comprovada como um grupo. Uma mercadoria comprovada como indivíduos. Não estrague tudo estúpido.

Há dinheiro a ser feito nisso. Eu tive coisas atritos recentemente com caras que eram verdadeiros profissionais, e novamente dinheiro sobrando na mesa quando se tratava de reDragon/FTR e alguns deles se transformaram em coisas da vida real. Você tem quatro caras que são profissionais e isso é bom para o pro wrestling.

No entanto, Fish vê isso como ruim quando ocorre no vestiário, em oposição ao ringue. “Ninguém ganha nada com isso, e ninguém lucra com isso.” Em seu ataque ao ex-campeão da AEW, CM Punk, Fish afirmou que interpretar o político no vestiário não alcança “nada”.

Fish recentemente desafiou Punk para uma luta porque ele recomenda aproveitar a hostilidade para o benefício de todos. O contrato de Fish com a AEW não foi renovado, portanto, ele é atualmente um agente livre.

ABRIR COMENTÁRIOS