Booker T afirma que a Main Event Mafia foi melhor que a The Bloodline

A storyline do tornou-se uma das mais duradouras na história recente da . O retorno de à programação da empresa no 2020 e sua mudança para vil foram o prelúdio da formação de uma facção que dominou o com mão de ferro por mais de três anos.

O grupo foi oficialmente formado depois que Jey e se juntaram ao seu primo. Sikoa foi o próximo a se juntar, seguido por . A inclusão do canadense marcou um ponto de virada, pois, apesar de não ter laços de sangue com os samoanos, ele se tornou um dos maiores atrativos para o público por meses.

Enquanto isso, a história continua proporcionando reviravoltas, com traições e retornos, que continuam a atrair a atenção dos fãs. Por isso, não é surpresa que muitos afirmem que The Bloodline é uma das melhores facções da história da luta livre profissional. Uma afirmação que não concorda, pois, na edição mais recente de seu podcast “The Hall of Fame”, afirmou que o “Main Event Mafia” foi um grupo melhor que o The Bloodline.

“O ‘Main Event Mafia' foi uma facção melhor, definitivamente. Mas eu acho que'The Bloodline teve uma das melhores sequências que qualquer facção poderia ter, provavelmente a melhor. Mas eu digo melhor facção porque tínhamos lutadores significantes e não éramos uma família. Éramos uma facção”, afirmou Booker.

Quando o co-apresentador Brad Gilmore apontou que The Bloodline teve uma história melhor que o “Main Event Mafia”, Booker respondeu: “Sim, eu concordo 100%, mas sinto que nunca tivemos a chance de explorar realmente quão bom o ‘Main Event Mafia' poderia ter sido na situação certa”.