AEW Dynamite (28/02/2024) – Cobertura e resultados!

Na noite desta quarta-feira a TBS transmitirá mais um episódio ao vivo do AEW Dynamite, direto do Von Braun Center, em Huntsville, no Alabama.

O grande destaque da noite fica por conta de Sting, que fará a sua última aparição no show, em virtude de sua aposentadoria. Veja os demais tópicos destacados abaixo:

  • Eddie Kingston se juntará a FTR para enfrentarem a Blackpool Combat Club;
  • Chris Jericho terá mais um teste pela frente ao lutar contra Atlantis Jr;
  • Pela divisão feminina, Kris Statlander medirá forças contra Sky Blue;
  • Will Ospreay fará uma aparição no show;

Horários:

  • Brasil – 22h (horário de Brasília)
  • Portugal – 01h (horário de Lisboa)

Cobertura:

O show começa com “Hangman” Adam Page vindo ao ringue com uma muleta, devido a lesão sofrida no pé, recentemente. Page fala sobre o tema, porém, considera que o grande feito da sua carreira foi ter sido campeão um dia, porém, quando olha para sua perna, se sente incapaz. Page se desculpa com Swerve Strickland e Samoa Joe, afirmando que não poderá competir na Three Way Match do AEW Revolution.

Swerve Strickland sai para responder a Page, dizendo que não pode evitar o destino, nem evitar o seu próprio, que é se tornar AEW World Champion. Samoa Joe sai para responder aos dois, dizendo que não importa se é contra um ou ambos, ele vai chutar a b*nda deles no domingo. Stricland responde e diz que passou de desempregado a estar na luta principal, a lutar pelo título máximo, e lembra que é capaz de tudo, como fez contra Nick Wayne.

Hangman Page ataca Stricland por trás! Page estava fingindo a lesão e grita que será campeão.

Os Young Bucks são entrevistados por Renee Paquette. Matthew e Nicholas Jackson dizem que tiveram um ótimo encontro com Ric Flair, é tudo o que podem dizer agora. Em relação a Sting, eles dizem que querem realizar sua entrevista de despedida. Os EVPs da AEW pegam seus bastões e saem em busca de Sting.

Trios Match: Eddie Kingston e FTR (Dax Harwood e Cash Wheeler) vs. Blackpool Combat Club (Bryan Danielson, Claudio Castagnoli e Jon Moxley)
– Danielson aplica um “Triangle Holder” sobre Kingston, fazendo-o desmaiar.

Chris Jericho é entrevistado. Ele conta que há 30 anos o colocaram logo em lendas, como Negro Casas, Silver King e Atlantis. “Atlantis foi um grande adversário, um amigo, um mentor. Quando a AEW começou a trabalhar com a CMLL eu pedi para trabalhar com o Atlantis Jr., para retribuir o favor, ensiná-lo a lutar aqui. Atlantis Jr., vou te dar algumas lições , algumas lições de violência até. Atlantis, você nunca vai esquecer esta noite, porque Ocho vai te bater”, encerra em espanhol.

Tony Schiavone dá as boas-vindas a Will Ospreay. O lutador agradece a recepção do público e anuncia que seus compromissos com a New Japan Pro Wrestling terminaram. Ela diz que perdeu a bolsa, depois a recuperou e fala sobre seu visual, e agora está em tempo integral na All Elite. Ospreay lembra que lutou com Orange Cassidy, com Kenny Omega e Chris Jericho, que derrotou no Estádio de Wembley. “Não se engane, estou pronto para continuar de onde paramos com a família Don Callis”, diz Will, e Callis aparece.

Powerhouse Hobbs e Konosuke Takeshita chegam com Callis. O público vaia e mal deixa Callis falar, que comemora a oportunidade de uma reunião familiar. Callis leva o crédito pelas vitórias de Will e diz que eles vão superar isso tendo a luta da década com Takeshita. Callis compara brigas familiares a Scott Pipen e Michael Jordan. “Não importa quem ganhe no Revolution, quem vencerá será a Família Don Callis. Faremos história. Apertem as mãos!”, pergunta Callis. Eles apertam as mãos, mas Takeshita não os solta, criando tensão entre eles.

Os irmãos Jackson interrompem Eddie Kingston quando ele está sendo entrevistado. Nicholas diz que eles têm negócios inacabados com Kingston, Matthew critica seu jeito de se vestir. Os EVPs ainda estão procurando por Sting.

AEW International Championship Match: Orange Cassidy (c) vs. Nick Wayne
– Cassidy aplica um “Orange Punch” sobre Wayne, seguido de pinfall.

Após a luta, Roderick Strong araca Cassidy. Rocky Romero e Trent Beretta salvam a pelo de Cassidy.

The Bang Bang Scissor Gang é entrevistada por Renee Paquette. Jay White diz que no início teve dúvidas, mas agora está convencido do grupo, principalmente depois do último AEW Collision. Daddy Ass ri do fracasso do rap de Max Caster, Max pergunta se alguém percebeu. Austin Gunn se oferece para lutar contra a The Acclaimed no Collision. Bowens diz que poderia ser The Acclaimed e Austin Gunn.

Singles Match: Kris Statlander vs. Sky Blue
– Sky aplica um “Code Blue” sobre Statlander, seguido de pinfall.

Os Young Bucks encontram o vestiário de Sting. Matthew diz ao irmão para ter cuidado, pois Sting pode enlouquecer. Os Jacksons entram na sala, mas há apenas morcegos pendurados, um espelho e uma luz vermelha.

Singles Match: Chris Jericho vs. Atlantis Jr.
– Jericho aplica um “Walls of Jericho” sobre Atlantis, fazendo-o dar tap-out.

Matthew e Nicholas Jackson vão para o ringue. Darby Allin os surpreende, aparecendo no meio do público! Os Jacksons brutalizam Darby, punindo-o no ringue. Eles aplicam o “EVP Trigger” e acertam-no com os bastões.

Ric Flair aparece! Os Jacksons lhe dão dinheiro e o taco para acertar Allin. Flair ataca os Jacksons! Nicholas o acerta com um golpe baixo e os dois começam a atacá-lo. Os Jacksons se movem em direção à entrada enquanto a música de Sting toca, mas “The Icon” não sai.

Sting desce de um cabo do teto da arena! Sting e Allin atacam os EVPs. Sting fecha Dynamite com Ric Flair e Darby Allin no ringue.

Fim de show.

ABRIR COMENTÁRIOS