WWE RAW “Day 1” (01/01/2024) – Cobertura e resultados!

Primeiro show de 2024 será marcado por duas disputas de título e muitas surpresas.

Na noite desta segunda-feira a USA Network transmitirá mais um episódio ao vivo do Monday Night RAW, desta vez com a temática Day 1, direto da Pechanga Arena, em San Diego, na Califórnia.

O evento principal do show contará com Seth Rollins colocando o World Heavyweight Championship em jogo contra Drew McIntyre. Veja os demais tópicos destacados abaixo:

  • Rhea Ripley colocará o WWE Women’s World Championship em disputa contra Ivy Nile;
  • Becky Lynch e Nia Jax finalmente poderão resolver uma das maiores rivalidades da história;
  • Shayna Baszler e Zoey Stark enfrentarão Natalya e Tegan Nox;

Horários:

  • Brasil – 22h (Horário de Brasília)
  • Portugal – 00h (Horário de Lisboa)

Cobertura:

O show começa com Michael Cole e Wade Barrett nos dando as boas vindas. Os comentaristas nos apresentam o card oficial do show de hoje e também confirmam os rumores de que um ex-campeão da WWE fará o seu retorno. Vamos ao primeiro combate da noite.

Singles Match: Becky Lynch vs. Nia Jax
– Jax aplica um “Senton” sobre Lynch, seguido de pinfall.

Comerciais…

Cody Rhodes faz sua entrada sob uma grande ovação do público. Rhodes afirma ter o privilégio de ser o primeiro a receber o público em 2024. É um momento em que as pessoas traçam metas. No entanto, ele se sente preso nesse aspecto. E isso se deve a Shinsuke Nakamura. Rhodes admite que esperava que o japonês zombasse dele de uma forma um pouco mais sofisticada. Rhodes afirma que se sente preso a Nakamura por um motivo: a rivalidade deles deveria ter terminado. É por isso que dá a Nakamura a oportunidade de fazer isso esta noite. Rhodes propõe que ele apareça com sua névoa vermelha e tudo o que tem para acabar de uma vez por todas com essa história.

Nakamura aparece no telão, afirmando que foi muito fácil entrar na cabeça de Rhodes. Tudo o que ele fez segue um plano. No entanto, esta história não terminará esta noite. Nakamura promete a ele que ele se tornará o que Rhodes nunca poderia ser. Só então esta história terminará e o livro de Rhodes poderá ser fechado de uma vez por todas. Nakamura joga sua névoa vermelha na câmera para encerrar o segmento. “The Rising Sun” ecoa pela arena enquanto Rhodes permanece em alerta para antecipar qualquer possível ataque por trás.

Tag Team Match: Kofi Kingston e Jey Uso vs. The Imperium (Ludwig Kaiser e Giovanni Vinci)
– Após Vinci se lesionar, o árbitro interrompe a luta e concede a vitória pára Kingston e Jey.

Vemos no replay o momento em que o “Dropkick” de Kingston acerta o rosto de Vinci, o deixando desacordado no ringue. Vinci consegue deixar o ringue com a ajuda de vários produtores e enfermeiros.

Um vídeo promocional estrelado por Ivy Nile é mostrado. A lutadora garante que sempre foi considerada desamparada. Mas é algo que ele adora. Ela adora que as pessoas pensem assim dela, porque isso torna suas vitórias mais doces. Nile promete que derrotará Rhea Ripley. “Quando eu fizer isso, mostrarei a todos que esse pit bull é uma raça diferente”, diz Nile.

Comerciais…

The Miz dá as boas-vindas ao público no Monday Night RAW e na primeira edição do “Miz TV” do ano. Miz sabe que as pessoas querem saber quem é o ex-campeão da WWE que aparecerá esta noite. Porém, antes disso, ele deve abrir caminho para seus convidados desta noite: O Judgment Day. No entanto, é R-Truth quem aparece.

Miz apresenta o membro mais querido do Judgment Day antes de perguntar onde está o resto da facção. Truth afirma que eles estavam atrás dele. Truth observa que está tentando fazer do Judgment Day um grupo querido. JD McDonagh e Dominik Mysterio interrompem o segmento. McDonagh lembra que Truth não faz e não fará parte do grupo, e que nunca aparecerá em um espaço como o “Miz TV”.

Truth lembra a Dominik que ele está sendo vaiado em sua própria casa e que McDonagh não deveria mais fazer parte do grupo após perder para ele no último show do RAW de 2023. Dominik tenta falar, mas o público o impede com fortes vaias. Dominik zomba de Miz, lembrando-o de que ele acabou sendo destruído por Gunther. Miz responde que mal consegue ouvi-lo após tantas vaias, mas também lembra que levou uma pancada na b*nda do seu pai, além de ter sido derrotado por CM Punk nos recentes house shows da WWE.

O público vaia Dominik novamente enquanto ele desafia Miz e R-Truth para uma luta de duplas. Miz aceita, embora Truth não entenda bem com quem ele se juntará. Miz explica que os dois se unirão novamente para enfrentar o Judgment Day. Truth concorda em se juntar a ele em nome do Judgment Day. Cansados ​​das travessuras de Truth, Dominik e McDonagh o atacam. Miz joga o irlandês para fora do ringue. Truth tenta abraçar Mysterio, mas Miz precisa lembrá-lo de que agora eles são rivais. Dominik desce do ringue para checar McDonagh.

Tag Team Match: The Miz e R-Truth vs. Judgment Day (Dominik Mysterio e JD McDonagh)
– Miz aplica um “Skull Crushing Finale” sobre McDonagh, seguido de pinfall.

Vemos um vídeo gravado em uma boate. Chelsea Green e Piper Niven se encontram com Kayden Carter e Katana Chance. Green avisa que elas terão sua revanche pelo WWE Women’s Tag Team Championship assim que falarem com Adam Pearce. Carter e Chance garantem que não precisam fazer isso, pois serão campeãs defendendo o título. É por isso que elas só precisam pedir pela revanche. Carter joga sua bebida na cara de Green, que logo sai do local totalmente indignada. As campeãs sorriem e continuam a festa.

WWE Women’s World Championship Match: Rhea Ripley (c) vs. Ivy Nile
– Ripley aplica um “Riptide” sobre Nile, seguido de pinfall.

Nos bastidores, vemos Seth Rollins se aquecendo para o evento principal da noite, quando colocará o World Heavyweight Championship em jogo contra Drew McIntyre.

É anunciado que a seguir teremos o retorno do ex-campeão ou ex-campeã da WWE que vem sendo rumorado há alguns dias.

Comerciais…

No ringue, Samantha Irwin introduz o retorno do ex-campeão da WWE. Toca a música de Jinder Mahal, deixando o público de San Diego sem reação alguma. No ringue, bastante vaiado, Mahal questiona a audácia do público por estarem desapontados com o seu retorno. Mahal diz que ele é o antigo e futuro WWE Champion. Mahal diz que a única coisa para estar desapontada é o desgosto que se tornou os Estados Unidos.

Mahal critica a política e as redes sociais dos Estados Unidos, dizendo que são uma vergonha e um misto de mentiras. Mahal diz que o país é um lixo, mas ele promete unir a todos. Mahal diz que se não acreditam nele, basta calarem a boca a prestarem atenção. Mahal começa a falar indiano. Mahal diz que acabou de cantar o hino americano em punjabi. Mahal diz que é vaiado por falar diferente, mas diz a verdade. Mahal diz que falará novamente em punjabi, mas desta vez, o que o mundo pensa sobre os Estados Unidos. Toca a música de The Rock, interrompendo Mahal.

Ao chegar no ringue, com bastante apoio do público, Rock pega o microfone. Rock diz a Mahal que ele está em apuros neste momento. Rock diz que Mahal não é Iron Sheik, pois todos gostavam dele, diferente de Mahal, que é um babaca a sua frente. Mahal diz que é engraçado ver Rock aparecer num passe de mágica. Mahal diz que gostam de Rock, como um “Peoples Champ”, pois são egoístas. Mahal diz que teria vergonha de representar estas pessoas.

Rock diz não ter vergonha de ser o campeão dessas pessoas, e também ter orgulho de ser americano. Rockj diz que finalmente voltou a San Diego. Rock diz a Mahal que não vaiam pela forma que fala ou se veste, mas sim… Rock simula uma conversa com Iron Sheik e fala um palavrão a Mahal. Mahal se irrita e Rock zomba do seu rosto e semblante sombrio. Rock diz que Mahal se irrita porque não é engraçado. Rock diz que se Mahal estivesse em um dos seus filmes ele seria o pior dos personagens. Rock pergunta se Mahal já viu algum filme de sua autoria. Quando Mahal responderia, Rock diz que não importa o que ele acha ou responderia.

Rock diz que não acha uma piada quando Mahal zomba dos americanos e todos aqui. Rock diz que Mahal é uma piada. O público grita “Estados Unidos, Estados Unidos, Estados Unidos”. Mahal se irrita e diz que não irá aturar Rock. Rock diz que Mahal não é o “Modern Day Maharaja” nesta noite, mas sim um babaca. Rock diz que se Mahal quer todos unidos, vai ouvir dentro de quinze segundos todos gritando “babaca do Day 1” para Mahal. O público grita, irritando Mahal ainda mais.

Rock diz que se Mahal gosta do hino dos Estados Unidos, ele cantará um verso para Mahal. Rock canta uma versão adaptada do hino, zombando de Mahal. Mahal parte para cima de Rock, porém, o “Great One” rapidamente reverte. Rock aplica um “Spinebuster” sobre Mahal e logo em seguida um “Peoples Elbow”.

Rock pega o microfone e diz que ama San Diego, mas ainda hoje, após estar com fome depois de bater em Mahal, Rock planeja se sentar em uma mesa ou até mesmo em um bar, porém, questiona se se deveria estar sentado na cabeceira da mesa (Head of the Table), mandando um claro recado para Roman Reigns. O público vai ao delírio enquanto Rock se despede.

Nos bastidores, vemos Drew McIntyre se aquecendo. Ainda hoje ele enfrentara Seth Rollins, pelo World Heavyweight Championship, no evento principal.

Comerciais…

Tag Team Match: Natalya e Tegan Nox vs. Shayna Baszler e Zoey Stark
– Stark aplica um “Z-360” sobre Nox, seguido de pinfall.

Vemos um vídeo recapitulando a rivalidade entre Seth Rollins e Drew McIntyre. Ambos se enfrentarão pelo World Heavyweight Championship a seguir.

Comerciais…

World Heavyweight Championship Match: Seth Rollins (c) vs. Drew McIntyre
– Rollins aplica um “Curb Stomp” sobre McIntyre, seguido de pinfall.

Durante a luta, Damian Priest apareceu com Dominik Mysterio e quase conseguiu o cash-in, porém, McIntyre atacou a ambos.

No fim das contas, Rollins continuou como World Heavyweight Champion.

Fim de show.

ABRIR COMENTÁRIOS