Cobertura: IMPACT! (22/09/2022) – Contrato de sangue!

Na noite desta quinta-feira, a AXS TV transmitirá mais um episódio inédito da IMPACT Wrestling diretamente do The Factory em Dallas, Texas.

Confira abaixo os tópicos destacados pela IMPACT Wrestling para o show desta noite:

  • Para definir quem irá desafiar The OGK pelos IMPACT World Tag Team Titles no Bound For Glory, teremos um confronto inédito entre Aussie Open e Motor City Machine Guns!
  • Brian Myers irá colocar seu IMPACT Digital Media Championship em jogo contra Bhupinder Gujjar numa Ladder Match!
  • Heath irá desafiar qualquer integrante da Honor No More para uma brutal Street Fight!
  • Teremos uma 5-Way entre Alex Zayne, Black Taurus, Laredo Kid, Mia Yim e Trey Miguel!

Veja tudo isso e muito mais, hoje, a partir das 21h, na cobertura em tempo real do Wrestling Notícias.

Cobertura:

Começamos com uma recapitulação do show da semana passada.

IMPACT Digital Media Championship – Ladder Match: Brian Myers (c) vs. Bhupinder Gujjar

  • Myers reteve o cinturão após tirá-lo do gancho.

Heath pede desculpas a Rich Swann e Josh Alexander pela semana passada e diz que eles precisam estar na mesma página. Alexander diz que eles têm que mostrar a Honor No More com o que estão lidando e Heath diz que tem um desafio aberto para uma Street Fight hoje à noite. Swann diz que ele e Josh estarão com Heath, e Heath diz que aprecia isso, mas ele mesmo fará isso.

Hannifan e Rewholdt percorrem o card do Victory Road.

Temos uma recapitulação de Steve Maclin atacando Sami Callihan no último sábado no show da Wrestling Revolver, que se transformou em uma briga.

Intergender Match: IMPACT Knockouts World Champion Jordynne Grace vs. Zicky Dice

  • Grace venceu com um “Grace Driver”.

Em seguida, temos uma vinheta promovendo a luta de Grace contra Max The Impaler no Victory Road.

5-Way Match: Alex Zayne vs. Black Taurus vs. Laredo Kid vs. Mia Yim vs. Trey Miguel

  • Taurus venceu com um “Destination Hellhole” em Zayne.

Eric Young se aproxima dos novos recrutas da Violent By Design e diz que eles fazem parte do renascimento. Serão sementes que se espalham, porque estão em todos os lugares e em todos. Ele os faz mostrar a ele e eles o saúdam. Ele pergunta quem eles são e eles dizem “Eu sou a violência!”. Ele e Deaner começam a espancar os recrutas e eles não lutam.

Recebemos uma vinheta com um casal discutindo de maneira melodramática sobre seu filho. Então a música de Joe Hendry toca e se transforma em um videoclipe sobre Hendry.

Heath está no ringue para seu desafio aberto. Ele diz a Dallas para fazer barulho e depois diz que a IMPACT lhe deu uma Street Fight com qualquer membro da Honor No More e ele está pronto para começar. Ele chama o grupo para trazer qualquer um deles – e é PCO!

Honor No More aparece e o impede, e Eddie Edwards diz que a luta não vai acontecer Heath diz a PCO que Eddie está falando bobagem, mas Heath diz para ouvir as pessoas em Dallas. Heath diz que prefere morrer como um rebelde do que viver como um covarde. Eddie diz que os pensamentos e decisões de PCO não pertencem a ele; eles pertencem a Honor No More e a ele.

Heath diz que PCO deveria ser humano, mas agora ele parece o cachorrinho de Eddie. PCO está chegando ao ringue, então temos uma luta.

Street Fight: Heath vs. PCO

  • Heath venceu com um “Wake Up Call”.

Tag Team Match: Aussie Open vs. Motor City Machine Guns

  • Sabin e Shelley venceram com um “Skull & Bones” em Davis.

Gia Miller pergunta a Tasha Steelz sobre sua luta com Killer Kelly no Victory Road. Steelz diz que ela vai machucar Kelly por tentar jogar em sua divisão, e que Savannah Evans e ela vão apresentar Kelly ao seu amigo da cadeira. Elas andam pelos fundos e Savannah é agarrada do nada. Ela se vira e Kelly está lá sentada. Ela diz que está aqui para jogar, mas Tasha diz que elas vão jogar amanhã à noite.

Gisele Shaw diz que Mickie James teve uma carreira incrível com inúmeros títulos, grandes lutas e inspirando toda uma geração. Mas amanhã ela fará a contribuição mais importante de sua carreira: passar a tocha para ela. E ela sabe que muitas pessoas ficarão chateadas por ela aposentar Mickie, mas ela está fazendo um favor a Mickie, pois pode ir para casa e ser uma ótima mãe, porque aqui o destaque pertence a Gisele Shaw.

Rehwoldt e Hannifan analisam o card do Victory Road.

É hora da assinatura do contrato, com Scott D’Amore presidindo. D’Amore diz que não é apenas para uma luta livre; é também para um acordo Hold Harmless que libera a IMPACT e o outro de qualquer responsabilidade decorrente de ferimentos graves. Ele diz que amanhã marca o retorno de uma das lutas mais perigosas e bárbaras da história do wrestling, e há uma camada adicional de risco considerando os participantes.

Ele os chama um de cada vez, com Moose descendo primeiro. O próximo é Steve Maclin, que encara Moose antes de se sentar. E finalmente é Sami Callihan, mas Sami não aparece. D’Amore acusa os outros dois de fazerem algo, e Moose pega o microfone e diz que não importa. Ele diz a Maclin que Sami esteve no ringue com ele, mas Maclin não. Ele diz que Maclin é um fuzileiro naval e passou por guerras, mas nada disso é uma fração de estar no ringue com ele e ele vai colocar Maclin no inferno.

Maclin diz que Moose é um ex-jogador da NFL que agora é um pugilista mimado, e ele não sabe nada sobre o Inferno na Terra porque ele não sabe o que Maclin fez ou viu. Moose acha que Maclin está com medo dele, ou do arame farpado? Ele diz que caras como ele transcendem coisas assim. Ele assina o contrato e Moose começa a falar – mas Sami está aqui!

Sami diz que a Máquina da Morte finalmente chegou e pede desculpas a D’Amore, mas ele estava procurando sua cadeira favorita. Ele diz que Steve e Moose o pegaram desprevenido antes, mas cometeram um grave erro ao não perceberem que a Máquina da Morte é o mestre das marionetes. Agora ele tem Maclin e Moose pelas gargantas indo para a luta e vai cortá-los de orelha a orelha.

Maclin diz a Sami para assinar o maldito contrato e ele diz que não precisa da caneta deles; ele trouxe o seu próprio. Ele tem uma caneta embrulhada em arame farpado e vai assiná-la, mas Maclin acerta Callihan com sua própria caneta e vira a mesa. Moose e Maclin batem em Sami, e Mooss coloca Sami no Tree of Wore. Ele diz a Maclin para atacar e quando Maclin ataca, Moose o acerta com um Spear! Moose arruma uma mesa enquanto Callihan sangra. Moose vai lançá-lo através da mesa, mas Sami se move! Cactus Driver ’97 em Moose! Sami pega o contrato e o assina com uma marca de seu próprio sangue.

Fim de show!

ABRIR COMENTÁRIOS