10 Estrelas da WWE que tiveram problemas reais com John Cena

John Cena é uma das maiores estrelas da WWE de todos os tempos e certamente o mais bem-sucedido da era moderna. A jornada de John Cena no topo da WWE durou mais de 15 anos e, embora ele tenha feito se tornado um part-time para seguir sua carreira em Hollywood, Cena não deu indícios de uma aposentadoria até então.

Com uma jornada dominante na WWE, não é surpresa que John Cena possa ter feito alguns inimigos ao longo do caminho. Seu personagem sempre foi considerado um tipo de herói, pois ele representava agitação, lealdade e respeito, e era um babyface por completo. No entanto, existem inúmeras histórias por aí que indicam que o ex-WWE Champion tinha um versão mais sombria. Embora algumas dessas histórias possam ser duvidosas e atribuídas a lutadores que não conseguiram atingir as alturas que ele alcançou, existem algumas histórias que retratam John Cena o mais longe possível de seu personagem.

The Rock

A rivalidade entre John Cena e The Rock foi para sempre, e atualmente se destaca como o evento principal da WrestleMania de maior sucesso de todos os tempos em termos de compras de PPV. A rivalidade foi lendária, e isso se devia em parte a como os dois homens usaram sua animosidade na vida real para promover a rivalidade. A hostilidade deles começou muito antes de sua rivalidade na WrestleMania, já que John Cena havia questionado abertamente o amor de The Rock pelo negócio em entrevistas filmadas anos antes, sugerindo que The Rock estava apenas usando a WWE para se catapultar a Hollywood.

Quando The Rock voltou para a WWE, ele enterrou John Cena abertamente em sua primeira promo. Isso provavelmente foi kayfabe, mas como a rivalidade continuou, mais e mais comentários começaram a acontecer, Cena até cutucou The Rock por ter anotações em seu braço durante uma promo, algo que deixou The Rock visivelmente irritado.

The Rock chegou a afirmar que os dois quase brigaram nos bastidores, dizendo que a tensão deles estava deixando muita gente desconfortável nos bastidores. De acordo com o árbitro Mike Chioda, John Cena estava chateado por ter que perder sua primeira luta contra The Rock, alegando que trabalhou muito para perder para um part-timer.

Nos últimos anos, Cena admitiu que estava errado por não gostar de The Rock.

Mr. Kennedy

Kennedy teve uma passagem memorável na WWE, mas os problemas que Kennedy adquiriu durante essa jornada parecia ser a razão pela qual ele deixou a WWE. Kennedy teve um problema famoso com Randy Orton, embora também tivesse problemas com John Cena nessa época.

O problema entre Kennedy e John Cena surgiu depois de uma luta que os dois fizeram em 2007, na qual Kennedy encorajou os fãs a vaiar Cena. Jim Ross explicou a situação em seu podcast “Grilling JR” dizendo: “Sim, isso irritou Cena. Cena levou para o lado pessoal e pensou: ‘OK, já chega’.”

JR explicou por que foi uma decisão ruim da parte de Kennedy: “Incentivar o público com sua retórica a vaiar o babyface número 1 indicado na empresa não é sábio. Essa é a minha opinião sobre esse negócio. Você não faz nada para diminuir a imagem ou a posição de um John Cena neste caso, ou qualquer outra pessoa nesse papel de babyface. Você apenas não ‘Não faça isso’.”

No podcast “Two Man Powertrip” em 2022, Kennedy disse que conversou com Randy Orton e encerrou qualquer problema que tinha com ele, mas os problemas com Cena nunca se resolveram.

Alex Riley

Alex Riley parecia estar a caminho de grandes coisas na WWE. Depois que ele atacou The Miz, ele recebeu um grande reconhecimento do público, e parecia que ele estava pronto para o evento principal. Esse push nunca aconteceu e John Cena foi aparentemente o motivo.

Surgiram histórias de que John Cena não gostava de Alex Riley quando ele chegou no elenco principal. O motivo mais famoso para a treta aconteceu no Royal Rumble 2012, quando Alex Riley acidentalmente foi eliminado do combate antes que pudesse fazer seus spots planejados com Cena.

Em uma entrevista com Chris Van Vliet, Riley falou sobre o problema, dizendo: “Acho que, no final, dois homens simplesmente não se gostam. Por mais triste que seja, teve um impacto na minha carreira porque ele é quem ele é. Por acaso, eu estava em uma situação em que, desde o início, era apenas … ele não gostava de mim.

Riley diz que tentou fazer as pazes com Cena, mas sem sucesso: “Houve um erro que eu cometi, ou ele cometeu, onde ficamos realmente irritados. E meio que discutimos um pouco … Procurei-o imediatamente no dia seguinte e tentei me desculpar pelo que havia acontecido. Acho que ele ficou bastante ofendido.”

Wade Barrett

Um dos momentos mais infames da era SuperCena foi no SummerSlam 2010, quando John Cena venceu o The Nexus sozinho. O momento foi odiado pelos fãs e até mesmo pelas estrelas da WWE. Wade Barrett, o líder do Nexus, parecia à beira da grandeza e poderia facilmente ter se tornado um dos maiores heel’s da empresa se o Nexus tivesse continuado forte.

Wade Barrett alimentou as especulações sobre o problemas nos bastidores entre ele e John Cena em 2011 durante uma entrevista com M94.5, quando disse: “Então, há caras como John Cena com quem eu não me dou bem. Acontece que ele não é uma personalidade com a qual me dou muito bem, dentro ou fora do ringue.”

Barrett reiterou essas afirmações em uma entrevista de 2014 para a DNA India, dizendo: “Ele é o cara há dez anos e é muito bom no que faz. Mas todo mundo sabe que não gosto de John Cena e ele não também gosta de mim. Você está certo, ele é vaiado por muitos fãs, muitas pessoas não gostam dele. Mas ele vende muito mais camisetas e outras mercadorias do que qualquer outro. Portanto, há muitos de pessoas que gostam dele também. De qualquer forma, todo mundo tem uma opinião sobre ele, eu respeito isso. Pessoalmente, não gosto dele e ele não gosta de mim, não somos amigos.”

Chavo Guerrero

Ao longo dos anos, houveram várias ocasiões em que Chavo Guerrero falou mal de John Cena. Em 2011, Chavo foi ao Twitter para expressar seu desdém, perguntando aos fãs se eles estavam cansados ​​de John Cena, tweet que recebeu vários fãs dizendo que estavam realmente cansados ​​dele. Chavo então se comparava a Cena, dizendo: “Agora, minha opinião … Cena é melhor do que eu no microfone, mas eu poderia lutar contra Cena com os olhos fechados e uma mão amarrada nas costas! Verdade!”

Em entrevista à Fox New Latino em 2014, Chavo continuou a insultar a habilidade no Pro Wrestling de Cena. Outro tweet feito por Chavo em 2011 dizia: “Se Cena quebrar o recorde de 16 vezes campeão do grande Ric Flair, nunca mais assistirei luta livre. Eu farei um boicote às lutas de Cena se isso acontecer!”

Cena iria igualar o recorde de Flair em 2017.

Ryback

Durante o “Conversation With The Big Guy”, Ryback atacou John Cena e afirmou que o “Cenation” nunca gostou dele. Ryback também afirmou mais tarde que Cena era um veneno para o Pro Wrestling, dizendo: “Esta é minha opinião, mas acho que sou bastante preciso nisso. Acho que ele fez muito mal por tanto tempo a novos talentos. Eles estavam surgindo e tinham suas experiências.”

Ryback revelou que Cena teve um problema com o enorme destaque que ele estava recebendo durante sua sequência invicta, afirmando que Cena trabalhou para que ele fosse rebaixado no card. Ryback até fez a afirmação bizarra de que a única razão pela qual Triple H começou o “NXT” foi para proteger os jovens de serem enterrados por Cena.

Mickie James

Em 2008, descobriu-se que John Cena e Mickie James estavam em um relacionamento. Não muito tempo depois dessa notícia, John Cena anunciou que estava noivo de sua namorada do colégio, Elizabeth Huberdeau, com quem se casaria em maio de 2009. Em outubro de 2009, Mickie James foi transferida do RAW para o SmackDown. Foi relatado na época por Dave Meltzer, que isso aconteceu porque Mickie James não conseguia lidar com o fato de John Cena ter terminado com ela, e que isso estava irritando certas pessoas nos bastidores devido ao seu lado emotivo.

Ao longo dos anos, parece que qualquer tensão entre John Cena e Mickie James sumiram, pois ambos trabalharam no SmackDown em 2016. No “Making Their Way To The Ring”, James reconheceu o relacionamento e disse que estava ansiosa para trabalhar com a então namorada de Cena, Nikki Bella, “Somos todos adultos e você sabe, obviamente, este negócio é o que é. Todos nós tivemos nossa cota de relacionamentos fracassados. Acho que temos que ser adultos e ser profissionais … eu espero, e tenho certeza que vai ser incrível, porque tenho certeza que vou ter que trabalhar com Nikki e sei que poderíamos fazer alguns coisas realmente incríveis.”

Chris Masters

Chris Masters parecia destinado a grandes coisas durante sua passagem pela WWE, no entanto, com sua ascensão acontecendo na mesma época em que John Cena estava em seu primeiro reinado como WWE Championship, as coisas não poderiam dar certo. De acordo com Masters, ele sentiu que Cena não queria trabalhar com ele e diz que Cena foi sincero sobre não gostar de seu trabalho.

No podcast “Two Man Powertrip”, Masters disse: “Só não acho que John gostava muito de trabalhar comigo na época. Acho que foi um pouco mais difícil para nós fazermos boas lutas um com o outro. Cena e eu nunca tivemos um bom ritmo em termos de trabalho. Isso provavelmente foi minha culpa, mas é difícil dizer com certeza. Só me lembro que houve algumas vezes em que Cena expressou desagrado com meu trabalho. Eu acho que eu também tive alguns problemas naquela época. Então talvez isso tenha contribuído para um pouco disso, quem sabe com certeza, mas por alguma razão, eu senti que Cena simplesmente não teve muito prazer em trabalhar comigo e talvez ele tenha sentido que eu não dei a ele uma chance suficiente, então eu não sei.”

Freddie Prinze Jr.

Freddie Prinze Jr. trabalhou nos bastidores da WWE em 2008-2012. Anos depois, em seu podcast “Wrestling With Freddie”, Prinze revelou que, quando trabalhava para a WWE, John Cena não gostava dele. Prinze Jr. disse: “Sempre disse que respeitava John, embora ele não gostasse de mim enquanto eu estava lá porque eu era um ator, o que ele é agora.”

Prinze explicou um incidente em que estava conduzindo uma aula de atuação e Zack Ryder e Curt Hawkins representavam uma cena de “Bad Boys”. Cena aparentemente entrou em cena, colocou uma cadeira dobrável entre Ryder e Hawkins e sentou-se entre eles, encerrando efetivamente a aula. Quando Prinze Jr. levou Cena para fora para explicar sobre o que era a aula, Cena disse: “Olha, talvez eu seja um Neandertal, mas simplesmente não vejo como essa merda funciona.”

Prinze respondeu: “Ei cara, nem todo mundo pode fazer o que você faz. Estou tentando levá-los a um nível em que você está, ou perto disso, porque se eu não fizer isso, quem diabos fará!?” Cena então encolheu os ombros antes de sair dizendo: “Ei cara, não é como se você os estivesse ajudando”

Prinze também disse que John Cena costumava chamá-lo de Ashton Kutcher, propositalmente errando seu nome para mostrar desrespeito.

CM Punk

Durante o infame Pipe Bomb de CM Punk, ele disse a John Cena: “Eu não te odeio, John. Eu nem mesmo não gosto de você. Eu gosto de você. Eu gosto de você muito mais do que eu gosto das pessoas nos bastidores. Eu odeio essa ideia de que você é o melhor.”

Freddie Prinze Jr. disse em seu podcast “Wrestling With Freddie” que as coisas eram um pouco mais complicadas do que isso. Prinze diz que, embora Punk não odiasse John Cena pessoalmente, ele odiava tudo o que ele representava – o super-herói que sempre vence e que a empresa nunca tentou nada diferente. “Punk odiava John Cena”, disse Prinze. “Não o odiava, mas odiava o que ele representava e era isso que a empresa estava por trás. Lembro-me de uma vez em que Hunter [Triple H] disse: ‘Por mais diferentes que sejam, a razão pela qual ele odeia tanto John é porque ele sabe que se ele estivesse naquele mesmo lugar, ele agiria exatamente da mesma maneira.’ Isso foi há mais de uma década, e ouvir os rumores da AEW basicamente dizendo que ele estava agindo da maneira que John Cena agia naquela época é como, quero dizer, quase tudo em que discordei de Hunter, ele estava certo. Ele simplesmente sabe, cara .”

ABRIR COMENTÁRIOS