Cody Rhodes é elogiado após usar golpe anteriormente proibido no WWE King & Queen of the Ring

No principal combate do King & Queen of the Ring em 25 de maio, Cody Rhodes, o Undisputed WWE Champion, defendeu seu título contra Logan Paul, atual United States Champion, em uma luta que durou 24 minutos. O destaque da noite foi quando Rhodes executou o “Vertebreaker”, um golpe que havia sido proibido pela WWE devido ao seu alto risco.

Rhodes, conhecido como “The American Nightmare”, conseguiu a vitória após realizar o golpe que é um “Piledriver de Encaixe”. Este golpe ganhou atenção, não apenas pela execução impecável, mas também pela surpresa de ver Paul, que tem relativamente pouca experiência no pro-wrestling, absorver o impacto de forma eficaz.

O produtor da WWE, Shane Helms, conhecido por ter usado o “Vertebreaker” como um de seus golpes característicos durante sua carreira no ringue, comentou sobre a execução por Rhodes através do X. Helms elogiou a técnica de Rhodes, simplesmente dizendo: “Técnica perfeita.”

Em uma entrevista concedida ao Fightful em 2019, Helms havia confirmado que, durante uma época, a WWE baniu todos os tipos de “Piledrivers”, exceto o “Tombstone”, como parte de uma diretiva para aumentar a segurança dos lutadores após vários acidentes com esses tipos de golpes. Ainda que não esteja claro se houve uma mudança oficial nas políticas desde que Triple H assumiu o controle criativo da WWE em 2022, a presença do “Vertebreaker” em uma luta tão significativa pode indicar uma abertura para revisões nas restrições de golpes no ringue.

Cody Rhodes já havia utilizado o “Vertebreaker” fora da WWE, notadamente durante o encerramento de sua luta contra seu irmão, Dustin Rhodes, no evento inaugural da AEW, Double or Nothing, em 2019.

ABRIR COMENTÁRIOS