Donald Trump é declarado culpado; Ex-Presidente é o segundo WWE Hall of Famer a ser condenado pela Justiça dos Estados Unidos

O WWE Hall of Famer, Donald Trump, foi condenado em 34 acusações de falsificação de registros comerciais. A condenação ocorreu após um julgamento relacionado a pagamentos silenciosos. Trump, que negou as acusações, enfrentava alegações de ter falsificado registros para encobrir um pagamento de 130 mil dólares à atriz de filmes adultos Stormy Daniels.

Os pagamentos questionados teriam sido feitos ao seu advogado pessoal, Michael Cohen, e são considerados pelos promotores como reembolsos para Daniels. Trump defendeu-se, alegando que nunca teve relações sexuais com a atriz e se declarou inocente.

A decisão foi tomada por um júri de 12 membros, que verificou que o ato de falsificar os registros comerciais constituiu uma violação legal. A sentença de Trump está marcada para o dia 11 de julho, às 10 horas da manhã, horário de Brasília.

Além de sua carreira política e empresarial, Trump é conhecido no universo do Pro-Wrestling por sua participação na WrestleMania 23. Neste evento, ele esteve envolvido em uma trama com Vince McMahon, onde Bobby Lashley, representando Trump, derrotou Umaga, representante de McMahon. Como resultado, McMahon teve sua cabeça raspada.

ABRIR COMENTÁRIOS