Drew McIntyre: “CM Punk virou um fantoche corporativo”

Drew McIntyre continuou sua rivalidade com CM Punk esta semana, afirmando ser o verdadeiro rebelde do Pro Wrestling. Segundo McIntyre, Punk abandonou seus ideais antissistema e se tornou um “títere corporativo”, buscando agradar os chefes e justificar seu alto salário.

“Não, de forma alguma. Eu acredito que agora tenho algumas semelhanças com o Punk do passado, mas não as semelhanças terríveis que incluem uma pessoa genuinamente horrível, e eu acredito que ele ainda é muito bom em fingir. Mas ele era antissistema. Ele falava o que pensava, mesmo que as pessoas nem sempre concordassem com ele ou acreditassem nele. Era a verdade dele, e ele sempre marchava no ritmo do seu próprio tambor e falava a verdade, mesmo que isso significasse ser um idiota, porque ele era, mas agora não é mais o caso. Ele é o fantoche corporativo. Ele está sempre tentando fazer o que for preciso para deixar os chefes felizes, bajulá-los e garantir que possa justificar aquele grande contrato.”

A rivalidade entre os dois lutadores se intensificou desde a WrestleMania 40, quando Punk atacou McIntyre após sua luta contra Seth Rollins, permitindo que Damian Priest conquistasse o World Heavyweight Championship.

ABRIR COMENTÁRIOS