Hulk Hogan não fará parte do novo documentário sobre a WCW

O documentário “Who Killed WCW?”, produzido pela Seven Bucks Productions em parceria com Vice Studios, foi lançado esta semana na VICE TV. O primeiro episódio, transmitido na terça-feira, 4 de junho, mergulhou nas causas do declínio da WCW através de entrevistas com lutadores e profissionais dos bastidores.

A ausência notável no documentário é a de Hulk Hogan, figura central em muitos dos momentos icônicos e controversos da WCW. Brian Gewirtz, executivo da Seven Bucks Productions, confirmou que, embora tenham tentado incluir Hogan, ele optou por não participar. “Entramos em contato com Hulk. Ele decidiu não aparecer no documentário,” disse Gewirtz. “Apesar de sua ausência física, a perspectiva de Hogan está bem representada, especialmente por Eric Bischoff, que compartilha detalhes sobre momentos significativos como a contratação de Hogan, seu heel-turn, e eventos marcantes como o Finger Poke of Doom e o Bash at the Beach.”

Eric Bischoff, figura proeminente na gestão da WCW, também comentou sobre sua participação no documentário. No mais recente episódio de seu podcast “Wise Choices”, Bischoff expressou inicial hesitação em se envolver devido às abordagens sensacionalistas de projetos anteriores.

“Inicialmente, estava relutante em participar, pois muitos tratamentos anteriores pareciam reciclar as mesmas histórias sensacionalistas. No entanto, acredito que este documentário traz uma nova luz sobre os eventos, baseando-se em análises profundas e não em especulações,” declarou Bischoff.

ABRIR COMENTÁRIOS