Kevin Kelly planeja processar AEW após demissão

Kevin Kelly confirmou que pretende processar a AEW devido à sua demissão, ocorrida após comentários polêmicos antes do AEW Revolution. Kelly, conhecido por seu trabalho na WWE, Ring of Honor e New Japan Pro-Wrestling, explicou que sua saída abrupta gerou diversas especulações entre os fãs.

Kelly acusou Ian Riccaboni, anunciador da ROH, de difamação, alegando que foi rotulado como teórico da conspiração e radical de direita por querer conscientizar sobre o tráfico de crianças, inspirado pelo filme “Sound of Freedom”. Kelly buscou ajuda do RH da AEW, mas sentiu que a questão foi tratada de maneira insatisfatória.

“Sentei no banco, valorizado pelos meus colegas, esperando ser chamado.”

Kelly tentou resolver o problema internamente, mas ficou frustrado com a falta de comunicação. Ele admitiu ter deixado uma mensagem agressiva para o RH e expressado sua insatisfação nas redes sociais, o que culminou em sua demissão.

“Não lembro o que disse, mas foi contundente. Fui demitido por minhas declarações públicas sobre a empresa.”

ABRIR COMENTÁRIOS