Lutadores do NXT demonstram interesse em trabalhar com estrelas da TNA

A participação de Jordynne Grace no Royal Rumble 2024 marcou o início de uma parceria entre WWE e TNA. Mickie James já havia lutado pela WWE enquanto trabalhava para a TNA, mas não tinha contrato na época. A WWE também tentou contato com Cassie Lee e Jessica McKay em 2022, mas elas recusaram.

Fontes da WWE revelaram que Grace causou uma “ótima impressão” e representou bem a TNA no Royal Rumble. A empresa se interessou em trazê-la de volta e, ao entrar em contato com a TNA, não sabia da saída de Scott D’Amore. Segundo fontes da WWE e do NXT, a saída de D’Amore não afetou a parceria entre as empresas.

Muitos lutadores da WWE se mostraram abertos a participar de eventos da TNA. Natalya mencionou Grace como alguém com quem gostaria de lutar, e Steve Maclin foi citado como um bom candidato para um crossover, devido à sua familiaridade com o NXT.

ABRIR COMENTÁRIOS