Novos detalhes sobre o possível fim da Alpha Academy

Na edição desta semana do Monday Night RAW, Chad Gable exibiu novamente seu comportamento agressivo, direcionando frustrações aos membros da Alpha Academy. Inicialmente, em um segmento nos bastidores, Gable questionou Akira Tozawa sobre sua ausência na Arábia Saudita e atribuiu a ele parte da culpa pela perda do WWE Intercontinental Championship, questionando sua localização durante o combate.

Mais tarde, Gable dirigiu críticas à capacidade intelectual de Maxxine Dupri, proibindo-a de acompanhar Otis ao ringue para seu combate contra Bronson Reed. Gable ordenou a Otis que garantisse a vitória, sugerindo consequências severas em caso de derrota.

Contudo, após a derrota de Otis para Reed, Gable convocou uma reunião imediata da equipe. Durante o encontro, com os três membros presentes no ringue, Gable criticou Otis por sua falta de disciplina e tentou puni-lo com um cinto na frente do público em Savannah, Geórgia. A tentativa foi interrompida por Dupri, que foi prontamente expulsa do ringue por Gable com ordens de não retornar.

Antes que Gable pudesse continuar a repreensão, Sami Zayn interveio. Zayn confrontou Gable, responsabilizando-o por seus próprios fracassos e encorajou Otis a se defender. No entanto, o confronto resultou em Gable desferindo um golpe surpresa em Zayn.

A situação culminou com Gable dominando a cena enquanto Otis e Tozawa assistiam sem intervir, apesar dos gritos de apoio do público para Otis. Michael Cole, comentarista da WWE, descreveu o comportamento da equipe como “Síndrome de Estocolmo”, indicando que, apesar das tensões, o grupo permanece unido por enquanto.

ABRIR COMENTÁRIOS