Randy Orton acredita que a WWE seja melhor sem Vince McMahon

Há mais de quatro meses, Vince McMahon desligou-se definitivamente da WWE e da TKO Group Holdings. O empresário americano, que por décadas liderou a empresa, afastou-se em meio a múltiplos escândalos legais que ainda estão sendo resolvidos.

Veteranos da indústria têm observado atentamente as mudanças na WWE desde a saída de McMahon. Uma voz proeminente nesse cenário é a de Randy Orton, um dos lutadores mais experientes da empresa. Em recente entrevista ao WrestleBinge, Orton compartilhou suas impressões sobre a nova fase da WWE.

“Escuta, amo a Vince. Me deu muitas oportunidades, mas acho que era hora de seguir em frente”, declarou Orton. Ele refletiu sobre as dificuldades enfrentadas pelos lutadores sob a gestão anterior, especialmente em relação à falta de flexibilidade nos horários de trabalho. “Vince estava em todos os Monday Night RAW e não se importava se você tinha filhos ou não”, revelou Orton, que aos 35 anos pediu a McMahon um calendário reduzido devido a problemas de saúde, sem sucesso.

Apesar das críticas, Orton reconhece as oportunidades que McMahon lhe proporcionou. No entanto, ele celebra a mudança de liderança, elogiando o papel de Triple H, seu genro, e de Nick Khan, ambos agora em posições chave na empresa. “É bom ter pessoas no comando que entendem o quão importante é para os lutadores estarem em casa em datas especiais como aniversários e feriados”, disse Orton, destacando uma postura mais humana e compreensiva da nova gestão.

ABRIR COMENTÁRIOS