Ric Flair se desculpa após culpar Vince Russo e Eric Bischoff pelo fim da WCW

Ric Flair 1

O documentário “Who Killed WCW” reacendeu controvérsias antigas entre personalidades notórias do pro-wrestling. Nas últimas horas, o X foi palco de um acalorado debate envolvendo Ric Flair, Vince Russo e Eric Bischoff, três figuras centrais nos dias finais da WCW.

Flair, em uma série de publicações, atribuiu a Vince Russo, Eric Bischoff e Jim Herd grande parte da responsabilidade pelo declínio da WCW. Em resposta, Bischoff, no seu podcast “83 Weeks”, defendeu-se argumentando que as opiniões de Flair são subjetivas e comparou a situação a uma hipotética crítica sua sobre as lutas de Flair, apesar de sua extensa experiência em produção televisiva.

“Estou certo de que Ric tem suas opiniões, que são reais para ele, mas isso não significa que ele esteja correto. É apenas sua opinião”, comentou Bischoff.

Russo também entrou na discussão, lembrando a Flair do uso repetido de seu filho, David Flair, em programas televisivos, o que ajudou a torná-lo um rosto conhecido no universo do wrestling.

“Grato por todo o crédito. Será que um escritor pode realmente destruir uma corporação multimilionária com suas palavras? Talvez eu fosse realmente especial. Não é minha culpa que você não foi mencionado no documentário, Ric”, ironizou Russo.

Após as trocas de acusações, Flair postou um pedido de desculpas, refletindo sobre o impacto de suas palavras e expressando arrependimento por não ter uma melhor relação com os mencionados.

“Uma pessoa importante me lembrou ontem que o X é a forma mais fraca de comunicação. Quero pedir desculpas a Jim Herd, @EBischoff e @THEVinceRusso porque realmente não compreendia os bastidores e as exigências corporativas da época. Gostaria que tivéssemos trabalhado melhor juntos”, declarou Flair.

ABRIR COMENTÁRIOS