Sami Zayn crítica nova política de eventos da WWE

Sami Zayn, atual Intercontinental Champion, expressou sentimentos mistos sobre a nova política da WWE de realizar eventos internacionais mais curtos, com apenas cinco ou seis combates. Em entrevista ao Fightful, Zayn reconheceu que a mudança pode prejudicar lutadores que não estão em destaque, mas também destacou o lado positivo da estratégia.

“Tenho sentimentos mistos sobre isso porque, como lutador, se você não está em destaque, com sete ou oito combates há mais espaço e uma chance maior de entrar no card. Agora, mesmo que você esteja em uma história importante, ainda pode não entrar. Cinco combates realmente não é muito”, disse Zayn.

No entanto, ele também afirmou que a nova política tem melhorado a qualidade dos eventos, já que os combates que entram no card parecem mais importantes. “Isso diz inconscientemente ao público que é algo em que a empresa está investindo, e portanto, devemos nos envolver emocionalmente”, explicou.

Além disso, Zayn aproveitou a entrevista para pedir que a WWE realize um Premium Live Event em Santiago, no Chile, país que já recebeu diversos eventos não televisionados da empresa.

ABRIR COMENTÁRIOS