TKO se pronuncia sobre acusações contra Vince McMahon

A TKO emitiu uma declaração.

Em 25 de janeiro, uma ação judicial foi movida contra Vince McMahon, a WWE e o ex-executivo John Laurinaitis. No processo, acusações de tráfico sexual, abuso emocional e agressão sexual foram feitas contra McMahon.

Em uma declaração à Variety, um porta-voz da TKO disse: “Mr. McMahon não controla a TKO nem supervisiona as operações diárias da WWE. Embora este assunto seja anterior ao mandato de nossa equipe executiva da TKO na empresa, levamos muito a sério as horríveis alegações da Sra. Grant e estamos abordando esse assunto internamente”.

McMahon é o presidente executivo da TKO.

Ele inicialmente se aposentou como CEO da WWE em junho de 2022 em meio a alegações de má conduta sexual, mas retornou ao conselho em janeiro de 2023. A WWE se fundiu com o UFC sob a bandeira da Endeavor para se tornar TKO em abril de 2023, com o acordo se tornando oficial em setembro de 2023.

ABRIR COMENTÁRIOS