Vince McMahon abusava da equipe criativa da WWE

vince mcmahon 1

O mundo do Pro Wrestling enfrenta um momento delicado com alegações sérias contra Vince McMahon, um dos nomes mais conhecidos da indústria. Com acusações que vão desde tráfico até maus-tratos contra escritores da WWE, o cenário é de controvérsia e debate intenso.

No dia 25 de janeiro, Janel Grant, ex-funcionária da WWE, entrou com um processo legal contra a WWE, John Laurinaitis e Vince McMahon. As acusações incluem assédio sexual, abuso emocional e tráfico de pessoas, com casos reportados a partir de março de 2019. Essas denúncias colocam em xeque a reputação de McMahon e provocam uma condenação generalizada no meio.

Recentemente, no programa Story Time com Dutch Mantell, o veterano relembrou a tendência de McMahon de exigir reescritas de última hora no show, poucas horas antes da transmissão. Mantell descreveu como McMahon frequentemente repreendia os escritores com palavrões e ameaças de demissão se não gostasse das ideias apresentadas.

Mantell explicou: “É difícil acreditar que Vince McMahon, grande dono da WWE, ao receber ideias criativas, simplesmente mandava reescrever tudo.” Ele detalhou a pressão sobre os escritores para recriar conteúdos em apenas duas horas, especialmente para o RAW, que é um show de três horas. “Vince poderia estar tendo um dia ruim ou simplesmente não gostar de algo. Isso deixava os escritores em uma situação difícil, especialmente depois de serem insultados em reuniões, chamados de estúpidos e ignorantes, com ameaças de demissão. Isso certamente não ajuda a manter um ambiente criativo.”

Atualmente, Vince McMahon não conta com apoio público dentro da WWE. Até a lenda do wrestling, Jim Ross, sugeriu que é hora de seguir em frente, deixando as alegações contra McMahon para trás.