WWE traça planos ambiciosos para o RAW e o SmackDown

A WWE está buscando implementar uma mudança importante no seu modelo de negócios para os shows RAW e SmackDown, parte regular de seus planos de Premium Live Events. Durante a Conferência Global de Tecnologia, Mídia e Comunicações da JPMorgan, o COO da TKO, Mark Shapiro, comentou que “taxas de participação, taxas de local e preços” são indicadores chave de desempenho, mencionando também a possibilidade de pacotes combinando eventos da UFC e WWE.

Shapiro destacou que a taxa de local não precisa ser “inteiramente em dinheiro”, mas a WWE precisa ser “fortemente incentivada a levar shows para uma cidade”. Dave Meltzer, em sua análise no Wrestling Observer Radio, forneceu mais detalhes sobre os planos de taxas de local.

“Atualmente, eles recebem essas taxas apenas para os shows de pay-per-view, e nem todos os shows nos Estados Unidos. Agora, os shows menores estão sendo realizados fora do país e recebendo taxas de local. Os shows maiores, como Royal Rumble, SummerSlam e WrestleMania, já têm essas taxas, e eles estão trabalhando para conseguir isso para Money in the Bank e Survivor Series. O próximo passo é conseguir que as cidades paguem para levar as gravações do RAW e SmackDown,” disse Meltzer.

Ele também observou que a WWE já realizou shows fora dos Estados Unidos em 2024, como o Elimination Chamber na Austrália e o Backlash na França. Outros eventos planejados para este ano incluem King & Queen of the Ring na Arábia Saudita, Clash at the Castle na Escócia, Money in the Bank no Canadá, e Bash in Berlin na Alemanha.

Em 2023, o WWE Backlash foi realizado em Porto Rico, onde foi relatado que a empresa recebeu 1,5 milhão de dólares para levar o PLE à região. Segundo Meltzer, “é um ótimo negócio, elimina todos os riscos de organizar shows se você está sendo pago para ir até lá. Eles dão a arena de graça, você é pago para ir, e recebe outros benefícios da cidade – promoção e tudo mais. Eles ajudarão a promover seu evento porque é importante para eles que o evento seja um sucesso, já que a ideia de gastar esse dinheiro é atrair pessoas para a cidade, para restaurantes e hotéis.”

ABRIR COMENTÁRIOS