Integrante do Judgment Day pode estar lesionado

Em uma recente publicação feita em seu portal oficial, a Fightful Select revelou que a WWE precisou cancelar um importante combate do passado Monday Night RAW, de última hora. Trata-se de Damian Priest vs. Jey Uso.

De acordo com o portal, o “Señor Money in the Bank” não estava liberado clinicamente para lutar na segunda-feira, o que levou ao cancelamento de sua luta contra Jey.

Priest retornou á ativa já na sexta-feira, em uma Dark Match do Friday Night SmackDown, onde, junto de Finn Bálor, Solo Sikoa e Jimmy Uso foram derrotados por John Cena, Jey Uso, Cody Rhodes e LA Knight.

No WWE Fastlane, no sábado, Priest acabou sofrendo uma maletada acidental de JD McDonagh, em sua perna, o que acabou contribuindo para que ele e Bálor perdessem o Undisputed WWE Tag Team Championship para Rhodes e Jey. Mais tarde, nos bastidores, Priest estava claramente sentido dores em sua perna, sendo aconselhado por Rhea Ripley a não tentar usar sua maleta, para que tivesse tempo para se recuperar.

Com isso, fica a dúvida se as dores de Priest foram uma forma da WWE prezar pela integridade física do lutador, que pode estar lidando com algum tipo de lesão, ou foram somente para vender a derrota sofrida no evento.

ABRIR COMENTÁRIOS